PST Eletrônica investe R$ 20 milhões em
nova empresa de rastreamento de veículos

 

Pósitron Rastreadores pretende conquistar a liderança do mercado de rastreamento de veículos até 2010; PST Eletrônica vai investir R$ 100 milhões no Brasil nos

próximos três anos.

 

A PST Eletrônica, empresa de alta tecnologia que desenvolve e fabrica produtos eletrônicos embarcados, decidiu investir no mercado crescente de rastreamento de veículos. Com este objetivo, foi criada a Pósitron Rastreadores, companhia que nasce com a missão de alcançar, até 2010, a liderança de um setor em ebulição que reúne mais de 300 empresas e um mercado potencial estimado em 2 milhões de veículos, entre automóveis, utilitários, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas.

“Vamos investir R$ 20 milhões no biênio 2006-2007 para atingir esta meta”, afirma Nelson Bastos, diretor Comercial da PST Eletrônica. O investimento anunciado inclui a pesquisa tecnológica que deu origem ao Rastreador Pósitron, as novas e modernas instalações da empresa em Campinas (que estão sendo inauguradas neste mês de setembro) e o desenvolvimento da rede de distribuição pelo País. A meta é montar uma rede com cerca de 900 representantes e instaladores pelo País até junho do próximo ano.

 

Este investimento faz parte de um plano estratégico da PST para investir cerca de R$ 100 milhões no mercado brasileiro até 2010 – em novas tecnologias, máquinas e equipamentos para suas fábricas e ampliação e treinamento da rede de distribuidores. A PST é uma empresa brasileira de alta tecnologia, com fábricas em Campinas e Manaus, que desenvolve alarmes para automóveis, caminhões, ônibus e motocicletas, bloqueadores, vidros elétricos, travas elétricas e antenas eletrônicas. A PST é a terceira maior empresa do mundo no segmento de alarmes antifurto para veículos, a maior da América Latina e, no Brasil, possui uma participação de 70% no setor. Há 10 anos é líder do setor no Brasil e terceira maior do mundo.

 

Atualmente, 45% do seu faturamento é proveniente de negócios diretos com as montadoras e 55% têm origem no aftermarket. A empresa planeja crescer 30% em 2007. O crescimento virá da nova empresa Pósitron Rastreadores e também, em grande parte, de novos contratos com novas montadoras para o fornecimento de alarmes e vidro e travas elétricos na rede de concessionárias. A companhia possui 850 funcionários e pretende ampliar este quadro para 1.000 pessoas até o final de 2007



Escrito por Diego Maia às 11h29
[] [envie esta mensagem]



Avança a penetração do cartão de crédito na baixa renda

 

Relatório do IBOPE Inteligência revela que ainda há amplo espaço para crescimento do produto nas classes de menor poder aquisitivo

 

 

A penetração do cartão de crédito na classe C passou de 44% em 2004 para 50% em 2005, revela o mais novo relatório do IBOPE Inteligência denominado “Cartões de crédito – clientes, estratégias e comunicação”. Na classe D/E a penetração do produto passou de 29% para 33%.

 

O IBOPE Inteligência analisou as diferenças demográficas, psicográficas e de consumo de mídia  dos possuidores e não possuidores de cartões de crédito e mostra que o perfil médio dos clientes varia bastante entre as empresas estudadas (Mastercard, Visa, ABN Amro Real, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Santander Banespa e Unibanco).

 

 “Apenas 74% dos clientes de cartão de crédito da Caixa Econômica Federal possuem conta corrente, por exemplo. Já no ABN Amro Real, esse índice é de 91%”, afirma Alexandre Umberti, coordenador de análise do IBOPE Inteligência.

 

A posse de outros produtos como financiamentos e seguros, assim como os hábitos de lazer e consumo de mídia, também variam. A análise destaca também as oportunidades de explorar a segmentação de produtos para públicos específicos, sejam eles clientes ou não. “Características básicas como o sexo do portador ainda não são exploradas consistentemente em ações dirigidas”, afirma Umberti.

 

O investimento publicitário do setor de cartões de crédito revela também o foco das empresas do setor em alcançar os clientes e prospects da baixa renda. Enquanto a distribuição do investimento entre os meios de comunicação privilegiou a TV aberta, com 68% da verba dos anunciantes de cartões, o mercado em geral investiu 48% do bolo publicitário no referido meio. Essa concentração na TV aberta confirma a tendência das empresas do setor em apostar na conquista de clientes de baixa renda.

 

O mercado de cartões de crédito registrou faturamento de R$ 123 bilhões em 2005, com uma taxa anual composta de crescimento de 20,5% entre 2000 e 2005. O número de cartões emitidos atingiu, no mesmo período, a marca de 68 milhões de unidades.



Escrito por Diego Maia às 11h23
[] [envie esta mensagem]



Sascar cria campanha de incentivo para corretores

 

A Sascar, pioneira e líder em dispositivos de segurança veicular e monitoramento de frotas com tecnologia celular, lançará, na 12ª edição do Congresso dos Corretores de Seguros – Conec, sua primeira ação de incentivo exclusiva para corretores de seguros. A campanha Corretor Premiado Sascar tem o objetivo de fidelizar esses profissionais, responsáveis por 20% das vendas da empresa.

Para participar, o corretor deverá se inscrever, durante os três dias do congresso, no estande da Sascar. Toda vez que vender um equipamento Sascar, receberá R$ 150,00 em dinheiro e um ponto. A cada 10 pontos acumulados, ganhará um cupom para concorrer ao sorteio de um automóvel Peugeot 206, uma moto Suzuki e um notebook.

A campanha, assinada pela Getz Propaganda, de Curitiba, ocorrerá de 22/9 a 31/12 e os sorteios dos prêmios serão realizados pela Loteria Federal, em 6/1/2007. Durante o Conec, todos os inscritos na campanha participarão de sorteios diários de iPods, notebooks e celulares.

 

Sascar – A Sascar atua, desde 2001, no segmento de segurança patrimonial e pessoal. Está presente em 21 Estados brasileiros, com cobertura nacional e a maior rede de vendas, de representação comercial e de assistência técnica, com mais de 81 mil aparelhos instalados. A empresa exporta seus produtos e serviços para países da América do Sul. Em 2005, faturou R$ 90 milhões.

 



Escrito por Diego Maia às 11h22
[] [envie esta mensagem]



Pesquisa revela o perfil do consumidor em shopping centers

 

Números traçam o perfil do consumidor, freqüência em shopping, comportamento de consumo e grau de satisfação.

 

Dados divulgados no último dia do 9º Congresso Internacional de Shopping Centers, evento promovido pela Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers). Confira:

 

O consumidor de shopping centers no Brasil

Um dos primeiros dados revelados não deixa de ser curioso. Apesar das mulheres serem taxadas como mais consumistas e “apaixonadas” por compras do que os homens, a pesquisa da ABRASCE mostra um certo equilíbrio entre os sexos quando se trata de consumidor de shopping: o público feminino representa 55% dos freqüentadores. A grande maioria dos clientes (71%) pertence às classes A e B. A cidade com presença maior dessas classes é Porto Alegre (79%) e a menor é Salvador com 54%. 

 

A pesquisa traz também informações sobre o que mais motiva o consumidor a ir a shopping centers. Em média 62% do público nas seis capitais vão ao shopping semanalmente e a motivação principal é fazer compras (38%), seguido por passear (19%), serviços e praça de alimentação com 12% e 10% respectivamente completam a lista dos principais motivos. São Paulo é a cidade campeã de freqüência motivada por compras (44%), Belo Horizonte é a campeã em passeio (26%) e o público soteropolitano tem como motivação maior o fator serviços (18%).

 

O tempo médio de permanência do consumidor nesses estabelecimentos é 73 minutos, porém duas cidades se distanciam da média: Porto Alegre com 63 minutos e Belo Horizonte com 94 minutos.

 

Como hábito de consumo, a pesquisa encomendada pela ABRASCE revela que o consumidor que vai ao shopping e concretiza uma compra gasta em média R$ 95,00 por visita. Em média, cada cliente entra em 2,5 lojas toda vez que vai ao shopping, sendo que 56% desses freqüentadores compram algo. A cidade com o maior valor médio de compra é Belo Horizonte (R$ 138,00) e a menor é o Rio de Janeiro (R$ 71,00).    

 

Quando se está no shopping 78% dos clientes tem como hábito ir ao cinema, esse comportamento é mais intenso em pessoas com faixa etária entre 17 e 29 anos. Por conseqüência, assistir um filme incentiva outras atividades já que 55% dos clientes que vão ao cinema também vão à praça de alimentação. Entre os freqüentadores da praça de alimentação, a média de gastos é de R$ 13,00. Na categoria serviços, os caixas eletrônicos são os mais utilizados pelo público (60%), seguido das agências bancárias (39%), lotéricas (29%), correios (16%) e cabeleireiros (12%). O serviço de caixa eletrônico é praticamente uma unanimidade entre os serviços utilizados, pois todos os segmentos e classes de consumidores utilizam esse serviço com freqüência. Para concluir, o grau de satisfação dos clientes com os shoppings é bastante elevado. A média de satisfação nas seis capitais alcança o índice de 92%.   

  

Fonte: IPDM (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento de Mercado)

 



Escrito por Diego Maia às 17h50
[] [envie esta mensagem]



GRSA – empresa líder em serviços de alimentação no país - comemora inaugurações no maior aeroporto da América do Sul

 

Empresa levará uma das maiores redes de cafeteria do mundo para Aeroporto de Congonhas

 

A GRSA, presente há quase trinta anos no mercado brasileiro, reforça o crescimento no segmento de Varejo com novas lojas no Aeroporto de Congonhas. Serão duas unidades do Caffè Ritazza, rede presente em mais de 30 países, e uma Casa do Pão de Queijo.

Hoje, a GRSA já opera lojas do Caffè Ritazza nos aeroportos Cumbica (SP), JK (DF) e Confins (MG), nos terminais rodoviários do Tietê e da Barra Funda e na IBM, em Hortolândia (SP).

 

Além disso, a empresa possui 72 pontos de venda de alimentação distribuídos nos principais aeroportos do país (São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte), terminais rodoviários (Tietê, Barra Funda e Jabaquara) e estações de metrô de São Paulo (Sé, Paraíso, São Bento, Ana Rosa, República, etc.).

 

O Aeroporto de Congonhas, que está passando por uma grande reestruturação, recebe cerca de 17 milhões de pessoas/ano e, segundo Paulo de Oliveira Pires, presidente da GRSA, será uma excelente oportunidade de expansão.

"Estamos bastante confiantes no sucesso dessas novas operações já que as soluções oferecidas foram formatadas a partir da necessidade e expectativa do público consumidor do aeroporto por meio de pesquisas de hábitos e atitudes realizada pela Ac Nielsen", afirma o executivo.

 

O café do Ritazza pode ser apreciado em aeroportos como o Paris Charles de Gaulle, na França, Milan Malpensa, na Itália, London Heatrow, na Inglaterra, Copenhangen, na Dinamarca, entre muitos outros.

 

As novas unidades do Caffè Ritazza no Aeroporto de Congonhas atenderão juntas cerca de 70 mil consumidores/mês e contarão com uma área de conforto, para descanso e lazer dos passageiros e realização de eventos e exposições culturais. Uma delas, localizada no mezanino, terá um american bar servindo bebida alcoólica e aperitivos diariamente.

 

O investimento para inauguração das lojas, que terão entre 25 e 143m2, é de R$ 1,8 milhões. No ano passado, a Divisão de Varejo da empresa, responsável pelas lojas nos terminais de passageiros, faturou R$ 45 milhões e a expectativa é que esse número cresça 27% neste ano.

 

Números de sucesso da divisão de varejo da GRSA:

500 mil consumidores atendidos/mês nos Aeroportos

524 mil consumidores atendidos/mês nos Terminais Rodoviários

102 mil consumidores atendidos/mês nos Metrôs

72 pontos de venda de alimentação no país

 



Escrito por Diego Maia às 11h42
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem


Histórico
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
CDPV - Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas
RH VENDAS